Buscar

Alzira Ramos conta segredos do sucesso em entrevista

Filha de portugueses, Alzira Ramos, mais conhecida como Vó Alzira, desde cedo acompanhava sua mãe Filomena na cozinha, e seu pai Martins na padaria da família. Porém, apenas aos 61 anos de idade é que essa carioca começou a fazer bolos. Aquilo que no início era apenas para presentear amigos acabou virando um grande negócio: a Fábrica de Bolo Vó Alzira, que hoje é uma rede com 215 lojas abertas.


A marca aproveitou o crescimento deste modelo de negócio, mas soube se organizar para garantir sustentação de suas operações. “Esse é um negócio que não tem muita barreira de entrada. Porém, a sustentação disso não é tão simples. É preciso olhar quem está por traz, qual a história, quanto tempo opera, quais são os mix de produtos, como estão os franqueados”, explica Ivan Ferreira.


Em entrevista exclusiva à Infood, Vó Alzira conta como surgiu a ideia, e Ivan Ferreira,  diretor de franquia da rede, fala sobre o planos de expansão da marca.



INFOOD – Como tudo começou?


VÓ ALZIRA – Eu estava com um problema financeiro. Na época, há 10 anos, eu deixei de trabalhar como secretária, pois minha mãe ficou doente e eu tive que cuidar dela. Um amigo meu chamado Misael me disse para eu não ficar triste, e fazer um bolinho para ele com o intuito de me distrair. Ele me deu um dinheirinho para eu fazer o bolo. Acabei fazendo e, no dia seguinte, ele veio me pedir para fazer mais dois bolos.  E assim foi indo, cada dia com mais encomendas.

INFOOD – E como o negócio de bolos caseiros se expandiu?

VÓ ALZIRA – Os vizinhos começaram a sentir o cheiro dos bolos, e acabavam também fazendo alguma encomenda. O boca a boca foi funcionando.  E assim comecei a fazer cada dia mais bolos.


Grande variedade de bolos tradicionais, bolos diets e bolos para festas


INFOOD – Quando efetivamente saiu de casa para virar um negócio?

VÓ ALZIRA – Depois de cerca de um ano e pouco, montei uma loja de bolos dentro da loja do meu marido, que vendia artigos para pipoqueiro. E o cheiro dos bolos começou a atrair também gente na lojinha. O negócio dos bolos começou a crescer bastante, e meu marido acabou fechando o negócio dele e veio me ajudar com os bolos.  Ele começou a ficar com a parte de compras e balcão, e eu ficava lá trás na cozinha. Depois de um tempo abrimos outra loja, que era a principal.



A fábrica entrega as receitas de bolo para o franqueado, facilitando ao operação


INFOOD – Quais os planos de expansão?

IVAN FERREIRA – É uma marca que tem 8 anos de experiência, e 4 como franquia. Começamos a expansão no Rio de Janeiro. São 147 lojas no Rio, num total de 215 lojas distribuídas em 7 estados. Nosso foco de expansão é São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Depois iremos para o Sul para buscar um máster franqueado.

Em março deste ano fizeram uma fusão com um fundo de investimento (Fundo Leste de Investimentos) que aportou um capital para ajudar a expansão e também trazer governança corporativa. Em janeiro montamos um escritório em São Paulo. No Rio de Janeiro somos líderes de mercado.


INFOOD – Como chegou ao projeto de franquia?

IVAN – Foi meio que por acaso. Algumas pessoas que viam o sucesso do negócio começaram a demonstrar interesse em também montar. Com isso, o filho dela, o Alexandre, resolveu se envolver no processo de expansão da rede.



Ivan Ferreira, diretor de franquia da rede


INFOOD – Quais as maiores preocupações para quem quer entrar no ramo?

IVAN – Os diferenciais competitivos que os negócios de bolo podem proporcionar. Esse é um negócio que não tem muita barreira de entrada. Porém, a sustentação disso não é tão simples. É preciso olhar quem está por traz, qual a história, quanto tempo opera, quais são os mix de produtos, como estão os franqueados. Falar com os franqueados e não só com a franqueadora é algo muito bom.

Quando o cliente vai decidir por uma loja de bolo, ele toma a decisão baseado em que? Ele não se apega tanto à marca. Mas se apega à qualidade do produto. Uma rede de franquia precisa manter a padronização. Nós montamos uma fábrica e entregamos a receita do bolo para o franqueado. Pronto para ele bater, assar e rechear.



A embalagem da Fábrica de bolo Vó Alzira


INFOOD – Que suporte é dado ao franqueado?

IVAN – Tenho uma ferramenta de geo marketing, e a ideia é colocar o franqueado no lugar onde está o meu público. O suporte já começa antes dele montar sua loja, para garantir que o ponto tenha público alvo suficiente.  Tanto o projeto arquitetônico quanto os fornecedores são homologados por nós. Há treinamento na fábrica no Rio. Temos uma equipe de marketing própria que faz todo o material, a um custo para o franqueado de R$ 500/mês.

Temos um pré contrato com o franqueado que ele tem de 2 a 4 meses para encontrar o ponto. Após localizado o ponto, a casa abre em cerca de 60 dias.



Estande na ABF apresentava o modelo do projeto arquitetônico das lojas

INFOOD – Como você vê o mercado?

IVAN – O tempo de retorno (payback)é de 16 a 23 meses, dependendo do modelo. Das 215 lojas, eu tenho 75 franqueados. É cerca de 2,3 franquias por franqueado. O franqueado tem que investigar antes de investir.


INFOOD – Bolo é moda?

IVAN – Eu respondo com outra pergunta: as mulheres no mercado de trabalho são moda? Isso não é moda, é uma tendência.


INFOOD – Como sair dessa barreira de entrada pequena?

IVAN – Eu acho que o importante é o mix de produtos: não só bolo caseiro, mas fatia de bolo, cupcake, bebidas, salgados, café, sorvete, bolo de pote… O ganho de escala é transferido para o franqueado, desde negociação com fornecedores até taxa de maquininha.


O cliente  se apega à qualidade do produto


Fábrica de Bolo Vó Alzira

http://fabricadebolo.com.br/

https://www.facebook.com/fabricadebolovoalziraoficial



Alzira Ramos, a criadora da Fábrica de Bolo Vó Alzira

26 visualizações
11 2385-8106

fale conosco: 

"Respeito ao próximo, vontade de

vencer e muito sabor são os ingredientes que movem a minha história de vida"

Vó Alzira

Fundadora da fábrica de bolo

Parceiros estratégicos:

Desenvolvido por DMAIS1
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube